NOSSA MISSÃO

Conhecidos pelo Amor... A Igreja que Você Procura

Ser uma Igreja cristã-família, onde cada membro é conhecido por estar vivendo o amor de Cristo e se empenhando para alcançar o próximo e fazê-los discípulos de Jesus.

A Igreja existe para:

Fazer a diferença no mundo. Ela é a luz do mundo, e o sal da terra; Ela é um lugar de sombra e ninho para todos os que estão cansados e oprimidos.

A Igreja é a única agência de salvação de Deus neste mundo, com a missão de resgatar os perdidos e preparar os santos para o para o serviço do ministério, aperfeiçoando-os para que cresçam na graça e no conhecimento de Deus.

Onde queremos chegar?

Ser conhecidos de todos, pelo amor com que Deus nos amou, amando a todos com o mesmo amor.

Ser uma igreja referência, comprometida com as necessidades espirituais e sociais de seus membros e comunidade, buscando o crescimento com qualidade cristã, e reconhecida por fazer a diferença como Agencia do Reino de Deus no bairro, na cidade, no estado, no Brasil e no mundo.

Nossa ênfase ministerial está relacionada à proclamação do evangelho que aponta para a cruz de Cristo, destacando a necessidade do novo nascimento à todas as pessoas, através do arrependimento e conversão a Jesus Cristo.

O evangelho tem sentido na medida em que cada cristão cumpre a ordem de Jesus, cumprindo a tarefa de alcançar aqueles que ainda não conhecem a graça de Cristo e o amor de Deus. O desafio começa a partir de nossa própria família, estendendo-se aos parentes e amigos e a todos quantos tivermos a oportunidade de testemunhar.

Como faremos:

1. Aprendendo as Boas Novas do Evangelho do Senhor Jesus, de forma contextualizada, bíblica, coerente e relevante, demonstrando com nossas próprias vidas, que só Jesus Cristo é a verdade e a vida e o único caminho para se chegar até Deus.

2. Conscientizando as pessoas , que toda humanidade é criatura de Deus, e espiritualmente estão mortos por causa o pecado, mas que ao receberem Jesus como seu único e suficiente Salvador, serão perdoados,tornar-se-ão filhos de Deus e não morrerão eternamente, mas passarão da morte para a vida, recebendo de graça sua salvação.

3. Ensinando-os a guardar todas as coisas que Jesus ensinou, e pelo seu Espírito Santo nos tem ensinado.

4. Transmitindo o conhecimento e os valores eternos da Palavra de Deus, levando-os a se separarem deste mundo tenebroso, e a se compromissarem com Deus e o próximo, através de um novo estilo de vida, coerente como filhos de Deus, demonstrando então que são verdadeiros seguidores de Jesus Cristo.

5. Salientando que o cristão deve viver sempre cheio do Espírito Santo e na sua total dependência.

Clique aqui e saiba mais sobre Jesus!

Uma igreja contextualizada e compromissada

Uma igreja contextualizada e compromissada com:

– A adoração a Deus;
– O ensino Bíblico;
– A Aliança de seus ministérios;
– A prática dos dons e talentos;
– Os grupos de crescimento, e
– Evangelismo e missões, visando alcançar as pessoas de todas as etnias com a graça e o amor de Deus.

CLARIFICANDO A VISÃO

Uma Igreja contextualizada,onde cada crente é um ministro, integrado a um ministério desenvolvendo o seu dom e talento à serviço do Reino de Deus.

Entendemos que a igreja deve:

– Ser dinâmica informal e descontraída, sem jamais fugir das verdades bíblicas.
– Ser um lugar onde se tenha desejo e satisfação em estar.
– Ter um ambiente sincero, que nos levante, anime e entusiasme a viver de acordo com os princípios bíblicos.
– Desmistificar o uso das instalações como algo “sagrado”, mas conscientizando do Temor e Reverência
– Utilizar diferentes linguagens e tecnologias de comunicação: multimídia, teatro, expressão corporal, etc.
– Ter seus ministérios em aliança, integrados e alinhados com a visão da igreja.
– Ser aberta a mudanças e novas expressões de Adoração, desde que não conflitam com os princípios Bíblicos.
– Responder às necessidades atuais, sem fechar os olhos para o que está ocorrendo no mundo; que fala, trata e alerta franca e abertamente sobre todos os assuntos que afetam a vida do Cristão e sociedade em geral.
– Ser um lugar onde se pode alegrar com os que se alegram, mas principalmente chorar com os que choram, que se importa com o próximo.
– Ser uma igreja que contagia pela presença viva e atuante de Deus, em seu meio.
– Ser administrada com transparência e seriedade.

1. A Adoração à Deus

– Consciência que nascemos e vivemos para a glória de Deus, para O servir e adorar.
– Amar a Deus de todo coração, de toda a nossa força, alma e entendimento.
– Estilo de vida.
– Devoção a Deus, intimidade com o Senhor ,através da oração, jejum, leitura da bíblia, envolvimento em seus projetos.
– A devoção a Deus (vertical), leva à comunhão com o próximo (horizontal).

2. O Ensino Bíblico

– Toda igreja envolvida com os projetos de Ensino, cursos de aperfeiçoamento e seminários.
– Ênfase na aplicação do aprendizado e obediência aos princípios aprendidos.
– Toda oportunidade aproveitada para se ensinar: púlpito, projetos, grupo de crescimento, encontros, eventos, etc…
– CETEBAN – centro de estudos teológicos, EBD – Escola Bíblica Dominical.
– Recursos disponíveis de apoio – apostilas, livros, fitas, cds, biblioteca, etc…

3. Aliança de Ministérios

– A igreja possui diversos ministérios divididos em 3 áreas especificas: Serviços, Eclesiásticos, Projetos.
– Cada líder de ministério conta com uma equipe, e todos os integrantes conhecem por participação os outros ministérios, e estão empenhados para ensinar e integrar os novos membros da igreja.
– A visão é que todos conheçam e participem de todos os ministérios e façam a opção por qual ministério quer atuar, para desenvolver seu dom e talento.
– A integração se dará quando todos os membros da igreja, não somente participarem dos eventos ministérios, mas estiverem atuando em no mínimo um dos ministérios.

4. A Pratica dos Dons e Talentos

– Cada crente um ministro, integrado a um ministério, desenvolvendo o seu dom e talento.
– Todos devem saber qual ou quais são os seus dons espirituais, seus talentos ou aptidões pessoais.
– Todos devem estar integrados à vida da igreja, via seus ministérios, servindo de acordo com os seus dons , talentos e aptidões.
– Os dons e talentos não devem ser enterrados, mas devem ser trabalhados, desenvolvidos, aperfeiçoados.
– A prática dos dons e talentos a serviço do Reino, levam o cristão à maturidade.

5. Os Grupos de Crescimento

– Pessoas são convidadas a visitarem umas as outras.
– É um grupo constituído de no máximo 15 pessoas, que se reúnem semanalmente para aprender como tornar-se uma família, adorar o Senhor, edificar a vida espiritual uns dos outros, orar uns pelos outros e levar outras pessoas ao evangelho.
– A preferência para se reunirem são as residências, mas podem se reunir em empresas, em escolas, em salões de condomínios, ou em qualquer lugar onde haja um mínimo de silêncio e privacidade.
– O grupo de crescimento, não é uma igrejinha, mas um braço evangelístico da igreja para alcançar os não salvos.
– O grupo de crescimento, é uma opção para aquelas pessoas que tem dificuldade para ir à igreja, mas que com certa facilidade iriam a uma casa, até conhecer uma igreja.

6. Evangelismo e Missões

– Indo por todo o mundo, ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém (onde estamos) como em toda a Judéia (cidade) e Samaria (estado e país) e até os confins da terra.
– Evangelismo sendo parte vital de cada membro.
– Missões – desenvolver, equipar, enviar, apoiar missionários, agências missionárias em diferentes culturas.

X